Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2011

livro BACABA II: Toda a verdade sobre a Guerrilha do Araguaia e a Revolução de 1964

Imagem
Por Luiz Eduardo Silva Parreira
Para a história tentar ser imparcial, todos os lados participantes de seus fatos devem ser ouvidos, lidos e observados. Pensando nisso, transcrevo o e-mail do Ten. Vargas, autor de livros sobre a Guerrilha do Araguaia, episódio ainda pouco divulgado no Brasil, em termos literários, sendo que a maioria das publicações contam o lado dos guerrilheiros e suas visões, pouco havendo do lado dos participantes militares. Talvez por isso so livro do Ten. Vargas seja interessante de se ler, para se poder ter (e tentar entender) a visão daqueles que combatiam os guerrilheiros. 
Interessante notar que ambos os lados se diziam defensores da democracia e da ordem, e sua luta - um contra o outro - era a tentativa de eliminar o obstáculo que os estariam impedindo de construirem a democracia segundo seus princípios.
O que se tem de certo é que a luta armada na selva amazônica gerou dor e sofrimento para ambos os lados, mas que ao final, nos dias de hoje (2011), apenas o l…

Inglês e alemão ...

Imagem
Por Luiz Eduardo Silva Parreira
A Língua Portuguesa tem raiz latina, assim como a Língua Espanhola. Para alguns, com alguma força de vontade, pode-se entender a língua de Cervantes, se falada calmamente por algum argentino, espanhol ou chileno, por exemplo.
Mas isso não acontece com todas as línguas "irmãs". Um exemplo é a suposta "similaridade" entre o inglês e o alemão. Mesmo tendo essas línguas algumas palavras aparentemente similares e pronúncias parecidas, em verdade, sem o devido estudo delas, um alemão ou um inglês não entende um a língua do outro, como às vezes ocorre com o português e o espanhol.
Um exemplo disso pode ser percebido numa brincadeira feita com a música ICH WILL do grupo alemão Rammstein. Ali o editor do clip colocou a imagem do vídeo (cantada na língua de Goethe) e a sua "tradução" feita por um anglófono, segundo o que ele "entende" da pronúncia das palavras da letra.
Ficou muito bom ;-)!


Nepalês é condecorado por enfrentar mais de 30 talibãs sozinho

Imagem
Blog De Olho na Jihad 03 Jun 2011

Um soldado nepalês do exército britânico foi condecorado pela Rainha Elizabeth II por seu heroismo. Ele enfrentou sozinho mais de 30 combatentes do Talibã no Afeganistão.
Dipprasad Pun, 31 anos, disse que pensou que iria morrer, por isso não tinha nada a perder. Pun estava de guarda em um posto na província de Helman, no sul do Afeganistão, quando um grupo Talibã com mais de 30 combatentes lançou um ataque contra seu posto.
Cercado, o inimigo abriu fogo de todos os lados. Durante 15 minutos ele ficou sob intenso fogo dos fuzis AK-47, sendo atacado até com lança granadas. Mesmo assim o sargento Dipprasad consegui repelir o ataque.
Encurralado, e incapaz de disparar, ele usou sua metralhadora de tripé para derrubar os militantes que escalavam o muro do complexo. Depois de um tempo, ele ficou sem munição, então detonou minas e usou granadas contra os terroristas.
Pun recebeu a homenagem no Palácio de Buckingham em Londres, foi premiado com a Victoria Cross, a…